Tráfego Pago: A propaganda em ambiente virtual



Em algum momento da sua vida você já quis vender um produto na internet e teve dificuldade de encontrar pessoas dispostas a comprar?


Ou, simplesmente quis divulgar algum material e teve dificuldade para atingir o público-alvo?


Em muitos casos a resposta é sim... E a maioria cai no mesmo problema: a visibilidade desse produto perante ao seu público.


Uma boa analogia para você entender como funciona a visibilidade de algo na internet é comparando-a com uma rua bem grande e cheia de pessoas, e na mesma proporção de pessoas, estão as quantidades de lojas nessa rua.


E para piorar, nessa rua não há uma fachada ativa para expor seus produtos. E os seus potenciais clientes só ficam sabendo da sua loja se você conseguir propagar a informação que tem o que ele precisa. Ou seja, o que determina a veiculação da sua loja, é o que você faz para gerar proximidade com o mesmo.


E é exatamente por isso que é necessário criar uma proximidade com o cliente; para instigá-lo a querer comprar na sua loja.


Ou até mesmo, voltando para o exemplo da internet, fazê-lo acessar o seu site e realizar uma determinada ação.


E é aí que entra o grande diferencial para isso, a propaganda.


Já ouviu a frase “A propagando é a alma do negócio”?


Propaganda de recrutamento da primeira guerra mundial


Há relatos histórico de propagandas sendo feitas desde a antiguidade. E no mundo moderno a propaganda se tornou algo tão essencial, que se tornou um fator determinante para o sucesso do seu negócio.


Então entenda de vez o que ela é, e também, a melhor forma de utilizá-la para gerar mais visibilidade para o seu negócio.


A propaganda e o Tráfego Pago


O conceito de propaganda se estabelece como sendo a ação de exaltar as qualidades de algo para um grande número de pessoas.


Ou seja, quando se fala em propaganda, estamos falando na verdade do conjunto necessário para gerar assimilação do público-alvo com o produto.


Nesse texto, abordaremos uma forma de propaganda que utiliza o investimento monetário para gerar visitantes em um determinado local na internet para realizar determinada ação.


O nome dado a esses visitantes pagos é de tráfego pago.


Na analogia feita anteriormente, o tráfego pago seria os clientes sendo atraídos para as lojas através da propaganda.


Propaganda essa que iria veicular a informação do seu negócio, na mesma medida que você despende um determinado valor para mantê-la ativa.


Ambiente físico X Ambiente virtual


Diferente de uma loja física, onde você expõe o seu produto na vitrine e as pessoas conseguem enxergá-lo, tocá-lo, ou negociar o preço. Num ambiente virtual, além de ser necessário um meio que leve o usuário até o seu produto, é preciso trabalhar também em formas de instigar o usuário a acessar a página do seu produto, e aí sim, possivelmente converte-lo em um cliente ou lead.


E quando se pensa em tráfego pago na internet de forma paga, a alternativa mais simples é investir em anúncios pagos segmentados (há outros além dos anúncios segmentados).


Para entender as diferenças entre os diferentes tipos de anúncios pagos e encontrar a categoria que mais se encaixa ao seu produto, é necessário ter em mente que não é preciso despender milhares reais para manter esses anúncios ativos, e que eles não são algo exclusivo de grandes empresas.


Apesar dos anúncios pagos terem se tornado parte integrante do plano de mídia de grandes companhias, hoje em dia existem diversas técnicas e ferramentas que facilitam a otimização do tráfego pago, tornando possível atingir o seu público-alvo gastando somente o necessário para cumprir o seu objetivo final. Seja a venda, ou a divulgação, de algum produto.


Para começar, você precisa identificar qual o tipo de negócio você está inserido:


Sistema genérico X Sistema de nicho


O nicho nada mais é do que os segmentos ou públicos cujas necessidades particulares são pouco exploradas ou inexistentes.


Tornando esse público mais propício a ser alcançado com uma propaganda que lhe entregue algo com baixa oferta no mercado.


Portanto, é bom ter em mente que é muito mais fácil obter resultados com um anúncio se o produto em questão for de um nicho segmentado, pois isso favorece o cliente a se identificar com ele e gerar mais proximidade com a propaganda.


E para distribuir essa propaganda da melhor forma, existem algumas ferramentas que você pode utilizar que entregam esses anúncios para um público específico que você tenha selecionado, aumentando ainda mais a otimização do seu tráfego pago.


Então, tendo tudo isso em mente, você já pode estudar a viabilidade de se criar um anúncio pago e veiculá-lo utilizando a melhor ferramenta de criação de anúncios.


Que dentre elas, as mais populares são:


Facebook Ads


Não pode se falar de propaganda sem citar o Facebook, a rede social com mais de 2,2 bilhões de usuários ativos no mundo.


Que além de ser a rede social com mais usuários no mundo, ele também é a empresa que mais coleta dados no mundo inteiro.


Dados esses que são utilizados para alimentar um algoritmo que entrega propagandas de forma segmentada para o público-alvo dos anunciantes da plataforma.


O Facebook, através da sua plataforma de anúncios conhecida como Facebook Ads, possibilitou a criação de uma variedade de campanhas de publicidade, cada uma focada em um objetivo diferente.


Também veiculando os anúncios no Instagram, sem necessariamente precisar ter uma conta registrada nele. O Facebook é atualmente a maior plataforma de anúncios do mundo.


Campanhas de anúncio



Dentre esses tipos as campanhas de anúncio mais utilizadas são:

  1. Campanha de tráfego: tem objetivo de direcionar tráfego do seu anúncio para um destino especifico, como por exemplo, uma página de vendas ou um perfil de rede social.

  2. Campanha de envolvimento: tem o objetivo de gerar envolvimento do público com algo que você deseja promover, como por exemplo, curtidas em uma página ou participações em um evento.

  3. Campanha de conversão: esse é o principal tipo de campanha que você deverá focar se o seu objetivo for vender algo, pois o algoritmo trabalha direcionando o seu anúncio para o público-alvo que irá efetuar a ação final do seu objetivo de campanha. Como exemplo: se o objetivo for vender um determinado produto, esse tipo de campanha irá fazer o algoritmo trabalhar de forma a entregar o anúncio para o maior número de potenciais compradores possíveis.

  4. Geração de cadastros: caso seu objetivo seja criar um banco de dados com dados de potenciais clientes (leads), esse tipo de campanha provavelmente é a que mais irá lhe trazer resultados. Pois ela irá entregar o seu anúncio para o maior número de pessoas favoráveis a se cadastrarem em algo.


Além de escolher o seu tipo de anúncio, você precisa entender algumas métricas para trabalhar no afunilamento do seu anúncio:


Métricas de anúncio


  • CPA (Custo por aquisição): O CPA, numa campanha de conversão, é métrica usada para calcular o valor que você gastou por cada cliente que adquiriu o seu produto anunciado.

Geralmente é a métrica utilizada na campanha mais cara, por se tratar da conversão direta do seu objetivo de campanha.


Para calcular o CPA é bem simples:

CPA = Total investido / Número de conversões.


  • CPC (Custo por clique): Esse tipo de métrica é utilizada para saber o valor gasto por cada clique. Numa campanha de clique, em que o objetivo é coletar o máximo de pessoas favoráveis, o CPC serve literalmente para saber o quanto está sendo gasto por cada clique de usuário.


  • CPM (Custo por mil): Essa métrica é utilizada para calcular o custo por cada 1000 impressões (visualizações) que você gerou com o seu anúncio. Geralmente é uma métrica utilizada em anúncios com o orçamento mais enxuto, por se tratar apenas da visualização do anúncio e nada mais.


CBO (Otimização do orçamento de Campanha)


O CBO, que a sigla significa (Campaign Budget Optimization), é um recurso presente nas campanhas do Facebook Ads que possibilitam o anunciante a deixar o algoritmo do Facebook como responsável por gerir o orçamento da campanha.


A vantagem de se utilizar o CBO, é a forma com que o algoritmo faz o escalonamento da campanha, utilizando como parâmetro estatísticas de sucessões do anúncio, ou seja, ele identifica um padrão de pessoas que mais cumprem o objetivo final da campanha, e dentre esses, entrega o anúncio para o maior número possível.


O grande diferencial é que o próprio algoritmo decide como distribuir o orçamento entre os dias da campanha, podendo gastar muito em um dia e pouco no outro, baseando-se nesse número de sucessões descritos anteriormente.


Agora, tendo o seu objetivo de campanha em mente e conhecendo as métricas de cada uma, basta você trabalhar no seu criativo para gerar o maior número de sucessões possíveis utilizando essa ferramenta de otimização de campanha.


Google AdWords:


Assim como o Facebook Ads, o Google Ads também é uma das melhores ferramentas de direcionamento de tráfego que existe no mercado atualmente.


Sendo a maior fonte de renda do Google, o Google AdsWords trabalha mesclando os resultados orgânicos com os pagos.


Ou seja, quando o usuário faz uma pesquisa, as propagandas dos anunciantes irão aparecer em destaque, e em seguida, os resultados que o Google considerou mais relevantes para responder a sua pesquisa.


Nessa plataforma é possível fazer campanhas de Rede de Pesquisa, criando-se anúncios de texto sobre sua empresa e comprar palavras-chave para que seu anúncio apareça quando procuram pela palavra comprada. Se você anuncia na Rede de Pesquisa do Google, seu anúncio pode ser exibido quando alguém procura termos relacionados a uma das suas palavras-chave.


Agora você ja conhece o conceito visibilidade, o que é propaganda e tráfego pago, aprendeu a identificar o âmbito do seu negócio, e ainda sabe as melhores plataformas de anúncio e suas funcionalidades.


Se sente mais confiante para investir em tráfego pago?


Então que tal ter o seu próprio site e começar a veicular seus anúncios?


Para isso é muito fácil, fale conosco! Se quiser saber outras formas de melhorar o seu negócio, visite a nossa página e entre em contato com a gente para marcar sua reunião de diagnóstico gratuita.

Ficaremos felizes em te ajudar!


Para mais dicas e conteúdo como esse, siga @focusconsultoria no Instagram e fique por dentro dos nossos posts.

Gostou do texto?

Curta e comente o post!

Foi útil para você?

Compartilhe com alguém que precisa dessas informações!

Texto por:

Marcos Winicius

marcoswinicius@id.uff.br

72 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo