top of page
young-beautiful-businesswoman-with-dark-short-hair-in-white-shirt-happily-working-on-lapto
a-removebg-preview_edited.png

SCRUM: Aprenda como utilizar e melhore a qualidade dos serviços de sua empresa



Você gostaria que sua equipe fosse mais ágil?

Quer algo simples para o desenvolvimento de situações mais complexas?

Você entende qual é a importância da agilidade para a realização de uma gestão efetiva?

Já ouviu falar do SCRUM?


Nesse texto vamos explicar melhor sobre o que é o SCRUM e como aplicar a metodologia na sua empresa.

Se quiser saber sobre como ter uma execução ágil, boa comunicação em equipe e resultados excelentes: esse texto é pra você!


O que é o SCRUM?

O SCRUM nada mais é que um framework, ou seja, um conjunto de práticas a fim de obter uma otimização no desenvolvimento e construção de produtos. É uma metodologia simples que auxilia pessoas, times e organizações a solucionarem problemas complexos por meio de soluções flexíveis.


image by freepik


Ele torna os processos mais claros, tendo foco total nas exigências do cliente e realizando entregas rápidas.


Outro ponto importante e vantajoso do Scrum é a fácil adaptação a diferentes exigências que possam surgir.


Inicialmente, nasceu no meio da tecnologia, após o Manifesto Ágil em 2001. Hoje, empresas de diversos setores o usam como forma de gerenciamento de projetos.

No livro “Scrum a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo”, ele fala sobre a criação e a utilização dessa metodologia para a construção de arranha-céus, construção de aeronaves e outros.


O nível de organização e o fato de ser extremamente completo, tornaram o SCRUM essencial no desenvolvimento de grandes projetos, podendo também ser utilizado para projetos pequenos.


É propositalmente sem uma estrutura fixa, tendo definida as partes necessárias e apenas orientando os relacionamentos e interações da equipe. Por isso, ele pode ser utilizado em diversos tipos de projetos.


Vamos entender um pouco melhor sobre essa prática?


Pilares fundamentais

Scrum é fundamentado em 3 pilares: transparência, inspeção e adaptação. Para isso, preconiza o empirismo e lean thinking (linkar com texto SMED), isto é, se baseia no fato de que o conhecimento vem através da experiência, e prega a redução do desperdício e concentração no essencial.


Ele busca a otimização por meio da previsibilidade, para justamente controlar o risco.


Com isso, vamos falar melhor sobre os três pilares fundamentais:

  • Transparência: todos devem ter conhecimento dos requisitos, processos e do andamento dos projetos, tanto quem realiza como quem recebe o trabalho. A transparência permite a inspeção;

  • Inspeção: o tempo todo o projeto é inspecionado, o que está sendo feito, seja nas reuniões diárias ou no Sprint review (que explicaremos mais à frente). A inspeção habilita a adaptação, já que os eventos scrum são projetos para provocar mudanças;

  • Adaptação: o produto que está sendo construído no projeto sofre adaptação constante, conforme as mudanças vão acontecendo. Desde que preservados os valores e práticas, você pode adaptar o processo do scrum para a realidade da sua empresa.

image by Shift — Desenvolvimento e Tecnologia


Assim, como citado em “Guia Scrum 2020”, o sucesso do uso do Scrum depende das pessoas se tornarem mais proficientes em viver cinco valores: Compromisso, Foco, Abertura, Respeito e Coragem.


Esses valores orientam o Scrum Team ao trabalho e respeito e suporte uns aos outros.


Como funciona?

O funcionamento do SCRUM é dividido em papéis fundamentais, eventos e artefatos. Cada participante da equipe terá um papel a desempenhar, existem os eventos onde há a troca da equipe e a reavaliação do andamento, além dos artefatos, que podem ser resumidos em demandas do projeto.



Além dos 3 pilares, temos as práticas fundamentais para a adoção do scrum:

  • Papéis:

  • Scrum Master – traduzido do inglês, o “mestre do scrum” além de ajudar todos a entenderem a teoria e prática da metodologia, organiza e ajuda o alcance dos objetivos. Ele facilita as sprints, dá suporte ao Product Owner, elimina empecilhos e atua como ponte entre as várias partes envolvidas;

  • Product Owner – o “dono do produto” é o membro encarregado de manter a qualidade do produto durante a execução e entrega, maximiz