• Focus Consultoria

MVP: O que você precisa saber ao criar o seu

Atualizado: Jun 10

O que é um MVP?


Qual a importância de um? 


Como construir um produto mínimo viável?


Tem um sonho, ou uma idéia inovadora, mas não sabe o que fazer para isso ser posto em prática? 


Ou não faz nenhuma idéia de como seu produto será recebido pelo público e mercado? 


Um MVP pode ser sua solução


Gigantes como o Facebook, Uber e Airbnb, por exemplo, começaram com esse método (veja mais exemplos aqui). 


Ao longo desse texto você vai aprender sobre a importância, quais as vantagens e o processo de criação de um produto mínimo viável. 


Criar MVPs se tornou uma prática popular depois do sucesso do livro Startup Enxuta, de Eric Ries, nele o empreendedor vai oferecer o mínimo de funcionalidades para testar a adesão do mercado ao produto.


O que é MVP? (Produto Mínimo Viável) 


Queridinho das startups, um MVP nada mais é do que uma versão simplificada de um produto final


Iniciar projetos com um MVP se tornou comum entre os empreendedores porque permite avaliar na prática se uma ideia poderá ter sucesso. Trabalhando com apenas o necessário para que seja possível ver o que o produto se propõe a resolver, é possível analisar a viabilidade no mercado.


No início a proposta da Amazon era vender apenas livros de uma maneira mais prática para o consumidor. Começou com um site com design simples e depois da aceitação do público se expandiu para uma loja super completa.

Assim como a Amazon outras empresas criam suas ideias, mas produzem de maneira reduzida para não ter grandes perdas de investimentos. Esse produto inicial gerado é chamado de MVP, que seria como um produto que fornecesse apenas os serviços principais para seu funcionamento


Depois de estabelecido e testada sua receptividade, pode e deve ser aprimorado para se tornar um produto completo.

Qual a importância de um MVP?


Acredito que para responder essa pergunta é mais fácil falar as vantagens de se criar um MVP:


Validação

Você descobre se a sua ideia é viável e se realmente soluciona o problema do consumidor. Com ele você percebe o mais rápido possível se o produto é ou não ideal para o cliente.


Experimentação

Com o MVP fazemos um conjunto de testes para avaliar como os clientes reagem e, a partir do feedback, decidir pela continuidade ou pela mudança de rumo.


Aprendizado

Através do contato com clientes podemos entender como melhorar a experiência deles ao máximo e ajustar o produto para o mercado.


Avaliar a escalabilidade do produto

Ao testar com diferentes públicos podemos avaliar se o negócio realmente será passível de repetição e escalonamento já que, de nada adiantará você encontrar um modelo que só funcione para um pequeno grupo de pessoas.


Economia

Além de evitar gastos desnecessários no início do projeto, um MVP também economiza tempo e esforço, pois de nada adianta que uma empresa gaste recursos em um projeto que ainda não está apto para o mercado.

Ideal para qualquer tipo de empresa

Com ele podemos criar, medir, aprender e ajustar um produto ou serviço num tempo curto. Isso impede que o criador caia no achismo e gaste muito dinheiro e tempo com um planejamento cheio de falhas que não foram percebidas cedo porque a solução não foi testada no mercado.


Como criar um produto mínimo viável?


Antes de começarmos, precisamos definir algumas coisas. 


Como você agora já tem algumas informações mais específicas dos conceitos de MVP, vamos diretamente a essas definições.


Descubra o problema primário que deseja resolver e seu público alvo


Um ponto extremamente importante é saber se sua ideia inicial faz sentido e se é realmente efetivo como uma solução para o problema que você deseja resolver. 


Você tem que começar se colocando no papel do cliente e perguntando:


  • Isso é uma solução para o meu problema?

  • Por que eu preciso desse produto?


Esse cliente que você se pôs no lugar, será seu público alvo. A solução que você está criando será oferecido para ele. 


Mas uma dúvida com toda certeza irá atingir o pensamento de seus clientes ao verem seu produto: “Por que eu usaria isso?”.


É preciso realmente encontrar o problema que você deseja solucionar, para que seu público-alvo possa sentir a importância da sua solução e despertar o interesse em experimentá-la.


Vale lembrar que, depois de construir seu MVP, um dos pontos mais importantes é monitorar e avaliar o que os usuário tem a dizer sobre o produto para que a cada atualização atenda melhor ao seu público. 


Dessa forma, é possível analisar e mensurar os resultados do seu produto mínimo viável, viabilizando alterações importantes ao longo do crescimento e desenvolvimento.


Se quiser saber mais ou construir seu MVP entre em contato com a gente. Ficaremos felizes em te ajudar!


Gostou do texto?

Deixe o seu comentário!

Foi útil para você?

Compartilhe com alguém que precisa dessas informações!

Se quiser mais dicas e conteúdos como esse, siga @focusconsultoria no Instagram e fique por dentro dos nossos posts.

Texto por:

Ester Marques

estermarques@id.uff.br

Ruan Almeida

ru_almeida@id.uff.br

COMO PODE NOS ENCONTRAR:

Segunda à Sexta: 09:00 às 19:00

Endereço: Rua Recife, s/n - Prédio Multiuso

Jardim Bela Vista, Rio das Ostras - RJ

(Devido às orientações de saúde nossa sede está fechada temporariamente.
Continuamos com atendimento on-line.)

  • Black Whatsapp Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone LinkedIn

Copyright © 2017 Focus Consultoria - Todos os direitos reservados