COMO PODE NOS ENCONTRAR:

Endereço: Rua Recife, s/n - Prédio Multiuso

Jardim Bela Vista, Rio das Ostras - RJ

Escritório: (22) 9-9922-7009

Segunda à Sexta: 09:00 às 19:00

  • Black Whatsapp Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon

Copyright © 2017 Focus Consultoria - Todos os direitos reservados

  • Caio Siqueira

Como Definir Uma Persona Pode Alavancar As Suas Vendas


O que é Persona?

Uma persona é um personagem fictício de um cliente típico ou ideal de um negócio. É um conceito utilizado para empreender uma estratégia de segmentação de mercado. A principal vantagem em usar personas na sua estratégia de marketing é que você tem em mãos objetivos, preocupações, motivações de uma espécie de banco de dados de clientes.

O ponto de partida mais adequado para a construção de uma persona é utilizar a sua base de clientes, caso exista. Se por acaso verificar-se a existência de diferentes perfis de consumidores, é possível criar uma persona para cada grupo de perfis com semelhanças de comportamento.

Persona e público-alvo são a mesma coisa?

Uma persona é diferente de um público-alvo. Enquanto a persona lida com informações específicas para tratar o cliente de forma mais personalizada e real, o público-alvo estabelece uma parcela da sociedade que corresponde ao grupo para o qual você vende seu produto.

Considere os seguintes exemplos:

Público-alvo: Homens e mulheres, de 18 a 35 anos, solteiros, graduados em engenharia, com renda mensal de aproximadamente R$5.000. Pretendem empreender e gosta de viagens.

Persona: Mariana tem 23 anos e está se formando em Engenharia de Produção. É estagiária numa empresa multinacional, mas não pretende seguir carreira. É solteira, adora viajar e tocar violão nas horas vagas. Está buscando uma consultoria que a ajude a organizar o negócio de sua família, que produz pó de cappuccino.

Por que buscar definir uma Persona?

Quando você sabe com especificidades o tipo de público que quer atingir, a estratégia de marketing é estruturada ao redor desse conceito, atingindo as pessoas certas com as informações certas. A não-definição de uma persona pode implicar em entregar produtos para clientes que não precisam deles.

De posse das informações que compõem a persona, é possível atender as demandas dos clientes de forma mais eficiente, numa prática de encantamento e entrega de valor, onde é possível entregar o produto da forma mais satisfatória possível, justamente porque se conhece as particularidades dos prospectos.