Como Formar o Seu Preço de Venda

Atualizado: Mar 6


O preço de venda tem grande influência para o cliente na decisão de compra e defini-lo não é uma tarefa fácil, pois exige que a empresa conheça bem todas as atividades realizadas até o produto ou serviço estar pronto para venda.

É comum que estabelecimentos baixem os preços dos produtos, sem critérios e informações concisas, como estratégia de negócio para atrair o consumido, o que acaba provocando prejuízos. Em meio aos concorrentes, é preciso ter certeza de que está oferecendo a melhor oferta sem perder a lucratividade.

Determinar o preço adequado depende do equilíbrio entre o preço de mercado e o valor em função dos seus custos e despesas. O valor deve cobrir os gastos do produto ou serviço e, além disso, gerar lucro.

Conhecendo custos e despesas

Quanto melhor realizada a análise de custos e despesas, a qual demanda um trabalho mais detalhado, melhor estruturado será o preço de venda. De forma breve, entende-se por custos todos os gastos relacionados diretamente as etapas de produção e despesas os gastos provenientes da área administrativa, que não estão diretamente ligados a produção.

É importante identificar os impostos que o seu negócio está sujeito, para que a quantia correspondente seja distribuída corretamente no valor dos produtos oferecidos e que esteja incluso no cálculo do preço de venda.

O mercado consumidor

O preço de venda carrega os interesses do produtor e consumidor. Esses interesses são satisfeitos quando a quantidade procurada pelos consumidores é igual à quantidade oferecida pelos produtores. A precificação de um bem deve tender sempre para o preço de equilíbrio, ou seja, para o preço em que as intenções de compra se igualam as intenções de venda. Se o preço de mercado for menor que o preço do bem, deve-se verificar os processos anteriores ao consumo e diminuir os gastos para que se adeque o preço de venda.

Lembrando que, para o cliente, a qualidade e o valor que o produto acrescenta em sua vida, são pontos que influenciam na decisão de compra e servem de base para saber se o preço é justo ou se não está valendo a pena.

Lucratividade

Sabemos que o interesse maior em um negócio é o lucro. Para isso, o valor de venda deve ser suficiente para pagar tudo o que foi feito e utilizado nas etapas de produção, incluindo impostos, somado um acréscimo sobre esse valor. Esse acréscimo depende também, da porcentagem que se deseja ganhar em cima de determinado produto. E com possibilidade de haver desconto, a quantia já deve estar prevista no preço tabelado.

O melhor preço de venda vem de uma boa gestão de custos. Como resultado, sua empresa se mantem no mercado e fideliza consumidores. Conhecer os processos de seu negócio evita o uso de estratégias erradas e a perda de dinheiro.


Colocando em prática todas essas dicas você obterá a precificação ideal.


Para conhecer nosso serviço, visite a nossa página sobre precificação e entre em contato com a gente.


Ficaremos felizes em te ajudar!


Gostou do texto? Foi útil para você?


Compartilhe com alguém que precisa dessas informações!


Se quiser mais dicas e conteúdos como esse, siga @focusconsultoria no Instagram e fique por dentro dos nossos posts.


COMO PODE NOS ENCONTRAR:

Endereço: Rua Recife, s/n - Prédio Multiuso

Jardim Bela Vista, Rio das Ostras - RJ

(Devido às orientações de saúde, nossa sede está fechada temporariamente.
Continuamos com atendimento online.)

Segunda à Sexta: 09:00 às 19:00

  • Black Whatsapp Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone LinkedIn

Copyright © 2017 Focus Consultoria - Todos os direitos reservados